Operação alerta para irregularidades

Operação alerta para irregularidades

82
0
Compartilhar
Foto: Bombeiros de Laguna

Para regularizar edificações residenciais em Laguna, o Corpo de Bombeiros da cidade deflagrou uma operação. Segundo levantamento prévio, o município possuiu em torno de 420 edificações deste tipo, muitas das quais não possuem projeto preventivo contra incêndio (PPCI), atestado para habite-se (liberação para iniciar seu uso) e atestado para funcionamento (inspeção anual).

De acordo com os bombeiros, a meta com o trabalho é que todos os residenciais sejam vistoriados ainda este ano e que se regularizem (no caso de edifícios que já possuem PPCI) ou iniciem o processo de regularização, conforme previsto nas atuais Normas de Segurança contra Incêndio e Pânico, Lei Estadual nº 16.157/13 e Lei Federal nº 13.425/17.

Como a demanda por vistorias era muito grande, segundo a guarnição, muitos edifícios nunca foram vistoriados. “A partir deste ano foi definida como prioridade no planejamento da instituição a regularização de tais edificações”, destaca a guarnição.

O Corpo de Bombeiros Militar de Laguna orienta o cidadão a verificar junto ao administrador de seu edifício a situação do imóvel junto ao órgão, procurando, se for o caso, a Seção de Atividades Técnicas (SAT) para planejar a regularização.


INCÊNDIO FOI UM EXEMPLO

O incêndio registrado no fim do mês de abril em um hotel de Braço do Norte trouxe um alerta para a região. O local estava sem o alvará dos bombeiros. No acidente, três pessoas morreram, uma delas uma adolescente. Outras pessoas ficaram feridas e o imóvel ficou completamente destruído.

Fonte: Diário do Sul

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA