Escolas de samba aceitam proposta de prefeitura e farão pré-carnaval em Laguna

Escolas de samba aceitam proposta de prefeitura e farão pré-carnaval em Laguna

O município vai transferir um total de R$ 200 mil às agremiações.

135
0
Compartilhar
Foto: Decom/PML

Sem verba para os desfiles oficiais, com fantasias, alegorias e disputa pelo título, a Liga Independente das Escolas de Samba de Laguna (Liesla) aceitou nesta quinta-feira (11) uma proposta de repasse de recursos da prefeitura e com isso irá promover apenas o pré-carnaval. O município vai transferir um total de R$ 200 mil, a ser dividido entre as cinco agremiações locais.

De acordo com o presidente da Liesla, João de Sousa Júnior, as escolas haviam estipulado a quarta-feira (10) como o prazo final para a prefeitura fazer o repasse do dinheiro, porém, devido à burocracia, o depósito não pôde ser feito ontem. Agora os recursos devem ser liberados amanhã para estar na conta das escolas até esta segunda-feira (15).

Apenas uma escola, a Brinca Quem Pode, não aceitou a prorrogação da data para o repasse dos recursos, mas acabou sendo voto vencido. Com isso, as escolas farão somente o pré-carnaval a partir do dia 20, e não mais no dia 18, como estava anteriormente previsto. Conforme Sousa Júnior, mesmo com a posição da Brinca Quem Pode, todas as cinco agremiações que formam a Liesla irão participar do pré-carnaval.

Parte dos R$ 200 deverá ser usado para arcar com os custos com o sistema de som. Sem alegorias ou fantasias, o pré-carnaval funciona como um ensaio das agremiações para o desfile oficial, que, na falta de dinheiro, não irá ocorrer este ano. Segundo Sousa Júnior, o pré-carnaval deve ocorrer no entorno do Jardim Calheiros da Graça, em frente à Igreja Matriz Santo Antônio dos Anjos, no Centro Histórico – mesmo local onde eram feitos os desfiles oficiais até meados dos anos 1980.

A última vez que houve desfile oficial no sambódromo de Laguna foi em 2013. A Liesla é formada ainda pelas escolas Mocidade Independente, Democratas, Vila Isabel e Xavante.

Fonte: Notisul

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA