Laguna pode receber instalação de indústria de produção de peixes

Laguna pode receber instalação de indústria de produção de peixes

338
0
Compartilhar
Foto: : Gisele Elis/Prefeitura de Laguna

Laguna recebeu a visita, nesta quinta-feira (12), de empresários israelenses da empresa Sea Dream BSD, acompanhados de uma comitiva sob coordenação da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável – SDS, com o objetivo de conhecerem as potencialidades da cidade para instalação de uma indústria terrestre de produção de peixes.

O grupo, além de visitar alguns locais com potencial para instalação da indústria, fez a apresentação de um vídeo institucional do projeto e esclareceu algumas questões técnicas e empresariais da equipe que acompanhou a reunião no gabinete do prefeito Mauro Candemil, representando o departamento de Engenharia de Pesca da Universidade Estadual de Santa Catarina – Udesc, Fundação Lagunense do Meio Ambiente – Flama, Secretaria Municipal de Pesca e Agricultura, Associação de Carcinicultores do Complexo Lagunar e empresas de beneficiamento de pescado da cidade.

O objetivo da empresa é instalar uma indústria de produção de Robalo da espécie European Sea Bass, segundo peixe mais cultivado em fazendas do mundo, depois do salmão. O plano de desenvolvimento prevê a construção do complexo em várias etapas, o que inclui uma fábrica de processamento de peixe, uma usina de processamento e uma fábrica de alimentos para animais.

O prefeito Mauro Candemil acompanhou durante o dia a visita dos empreendedores aos locais em que a empresa poderá se instalar e reforçou o potencial natural da cidade para o setor de pescados. “Sabemos que eles precisam estar próximos do mar e Laguna possui condições técnicas e naturais para isso”, afirmou.

A área requisitada para instalação do complexo é de 40 mil metros quadrados, com investimentos previstos de U$23 milhões de dólares, distribuídos para aquisição do terreno e infraestrutura, aquisição de equipamentos e desenvolvimento de aquicultura de ponta.

O CEO da empresa Gabi Wolkinson mostrou seu interesse em ver que Laguna possui o curso de graduação em Engenharia de Pesca, afirmando que a universidade será grande aliada na pesquisa e desenvolvimento da indústria nesta região. “Os dois podem se beneficiar, a cidade e a empresa. Fiquei satisfeito em ver que o governo e a cidade possuem bons profissionais qualificados na área”, disse Wolkinson.

O presidente da Flama Patrick de Souza destacou durante o encontro o fato de Laguna possuir o único curso de graduação em Engenharia de Pesca do estado.

“A indústria precisa ser instalada perto do mar, pois utilizamos água salgada nos tanques. E nosso objetivo é utilizar a maior quantidade possível de mão de obra local”, reforçou o CEO Wolkinson.

De acordo com o Diretor de Desenvolvimento Econômico da SDS, Antônio Slosaski, esse projeto pode gerar cerca de 1500 empregos locais. “É um projeto muito importante para Santa Catarina, pois proporcionará geração de empregos e está alinhado ao desenvolvimento da economia sustentável”, ressalta.

A BSD escolheu Santa Catarina para construção de sua fábrica baseada no bom índice de bem estar econômico (IDH), além de ser o segundo maior importador de peixe fresco no Brasil. A localização e os recursos naturais de Santa Catarina fornecem a BSD todos os recursos necessários que ela precisa para operar adequadamente.

“Esse empreendimento é estratégico para o estado. Vamos dar todo o subsídio necessário para que a empresa seja instalada aqui e seja pioneira em Santa Catarina. E é muito bom ver que a universidade estará inserida nesse projeto”, finaliza o Secretário da SDS, Adenilso Biasus.

Saiba mais sobre a BSD

A Sea Dream BSD é uma indústria terrestre de produção de peixes, ambientalmente controlada, oferecendo uma solução econômica que foca na crescente escassez global de peixes. Com base em princípios e técnicas pioneiras da indústria, a BSD oferece um ecossistema completo para uma alta sustentabilidade, empregando reciclagem e produzindo resíduos mínimos absolutos, com impacto ambiental quase nulo. Está localizada em Israel e tem outra unidade em Nevada.

A fábrica é composta de vários tanques de água salgada. A instalação criará o peixe desde alevinos até a maturidade. A produção anual prevista é de 30 mil toneladas.

Fonte: Prefeitura de Laguna

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA