Mulher é condenada a 20 anos de prisão por morte de idoso

Mulher é condenada a 20 anos de prisão por morte de idoso

884
0
Compartilhar
Foto: Divulgação/DIC Laguna

A responsável pela morte de João Pires de Souza, conhecido como “Dão”, que aconteceu em abril deste ano, foi condenada pela justiça a cumprir 20 anos de prisão em regime inicialmente fechado (artigo 157, §3º do Código Penal, por latrocínio consumado).

Luciana Cássia da Silva Esteves, 29 anos, que está presa desde abril, teve ainda o direito de responder em liberdade negado pela justiça lagunense.

Relembre o caso:

João Pires de Sousa, 72 anos, foi encontrado morto na noite de domingo, 08 de abril, em sua residência no bairro Magalhães. Conforme Bruno Fernandes, delegado da DIC de Laguna, a responsável pelo crime “estrangulou e colocou um travesseiro sobre a cabeça do homem”. As investigações tiveram início no mesmo dia.

Dois dias depois, Luciana tentou fugir para o Rio de Janeiro e foi presa em ação conjunta das polícias Civil e Rodoviária Federal, na região de Barra Velha, cidade catarinense. Os policiais estavam monitorando-na desde o acontecido.

Com informações da DIC de Laguna

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA