Suspeito de atear fogo em residência é preso pela polícia

Suspeito de atear fogo em residência é preso pela polícia

497
0
Compartilhar
Foto: CBM Laguna/Agora Laguna

O suspeito de atear fogo à residência da ex-companheira, em Caputera, foi detido pela Polícia Civil de Laguna, por intermédio da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (Dpcami), que cumpriu mandado de prisão preventiva deferido pela Justiça de Laguna, com suporte do Ministério Público.

P.S.P, 22 anos, foi acusado por L.M.C., 19 anos, de ter sido o autor do fogo que consumiu a residência em que ela morava, junto com os pais e o filho recém nascido. O rapaz também é suspeito de lesão corporal contra mulher.

O preso está à disposição da Justiça na Unidade Prisional Avançada (UPA) de Laguna.

Relembre

A casa onde L.M.C. morava com a família, teria sido incendiada por P.S.P. A acusação foi feita pela moça com base em uma ameaça que ele fez à ela na madrugada de quinta-feira, 03, após o casal ter sido levado para a delegacia de polícia por conta de uma denúncia de violência doméstica.

Horas depois, por volta do meio-dia, conforme relatos de populares às guarnições da Polícia Militar (PM) e Corpo de Bombeiros Militar de Laguna, o rapaz ateou fogo à casa que teve perda total. Cerca de oito mil litros de água foram usados no combate às chamas.

Familiares e amigos iniciaram uma campanha para a arrecadação de recursos para a reconstrução da casa. Duas contas foram disponibilizadas para a realização de depósitos bancários para a família: agência 0359 (Bradesco), conta corrente nº 0003852, em nome de Juraci de Souza Martins; e ainda: agência 0421 (Caixa), operação 013, conta poupança nº 00113636-5, em nome de Michely Martins Ribeiro.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA