INSS emite nota sobre a situação da agência de Laguna: ‘Posição é de não postergar o inadiável’

0
117
Foto: Luís Claudio Abreu/Difusora Laguna

A gerência executiva do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) voltou a se manifestar sobre a situação da agência da previdência social de Laguna, em nota oficial divulgada à imprensa na tarde desta quarta-feira, 10. O órgão previdenciário afirma que a decisão de cancelar a oferta de perícias médicas na cidade e transferência dos agendamentos para municípios vizinhos – preferencialmente, Capivari de Baixo – segue mantida.

“Reforçamos que a estrutura de Capivari de Baixo é muito mais adequada. As duas salas de perícia médica desta agência nunca foram utilizadas desde a sua inauguração. Assim, a medida tomada também promove uma melhor alocação de recursos públicos”, diz o texto assinado pela comunicação social do instituto. “A posição do INSS é de não postergar o inadiável”, pontua. (leia o comunicado no fim da matéria).

Pela manhã, o tema foi tratado em reunião com representantes da sociedade civil e poderes públicos junto com os responsáveis pela gerência do INSS, em Criciúma. No encontro, segundo o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Laguna, Leandro Schiefler Bento, ficou definido que o instituto faria ações para reverter a situação e manter o atendimento pericial ao menos até o dia 31 de agosto.

“Foi claramente dito que a gerência executiva de Criciúma iria pleitear o retorno das pericias hoje mesmo, devendo ser mantida até final de agosto”, reafirmou Bento, à reportagem, nesta noite. O advogado deve retornar os contatos com a gerência para tomar mais conhecimento da decisão informada pela assessoria.

Confira a nota divulgada pelo INSS

A agenda de perícia médica já se encontra aberta para Capivari de Baixo a partir de segunda-feira (15). A decisão não foi reformada. De fato, a Gerência Executiva do INSS em Criciúma recebeu lideranças municipais, incluindo o prefeito de Laguna, Mauro Vargas Candemil, e representantes da OAB e da Câmara de Vereadores, para esclarecer dúvidas referentes à transferência do atendimento de perícia média. A posição do INSS é de não postergar o inadiável.

Todos os argumentos já foram colocados na nota divulgada à imprensa no último dia 5, mas reforçamos que a estrutura de Capivari de Baixo é muito mais adequada. As duas salas de perícia médica desta agência nunca foram utilizadas desde a sua inauguração. Assim, a medida tomada também promove uma melhor alocação de recursos públicos.

É importante ressaltar, ainda, que o morador em Laguna poderá escolher entre Capivari de Baixo, Tubarão e Imbituba para realizar sua perícia médica. E ele receberá o pagamento em sua cidade de residência. Na verdade, o segurado poderá realizar a perícia em qualquer município do estado e até mesmo do País. Os três citados são os mais próximos. Ele só não conseguirá agendar para Laguna, cuja agenda de perícia médica encontra-se fechada para datas a partir de 15 de abril.

Por fim, ressaltamos que não haverá qualquer alteração nos demais serviços e atendimentos oferecidos ao público na Agência da Previdência Social em Laguna, a qual é responsável pelo pagamento mensal de 19 mil benefícios. Deste total, mais de 90% são aposentadorias e pensões. Os auxílios-doença mantidos pela unidade somam 1,3 mil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Não esqueça seu comentário!
Seu nome aqui, por favor