Projeto desenvolvido por lagunense é vice-campeão em prêmio nacional sobre inovação aquícola

Engenheiro de pesca graduado pela Udesc em 2016, o lagunense Ricardo Carriero foi vice-campeão da 1ª edição do prêmio Inovação Aquícola, que teve os premiados divulgados na noite de quarta-feira, 15. A projeto montado por ele – ‘Disrupção na indústria do pescado’ – fez parte de um seleto grupo de quase 50 iniciativas selecionadas para concorrer à premiação.

A ideia de Carriero foi aplicada em uma empresa de Laguna e trata da automação industrial, junto com a implementação de um sistema de gestão integrada empresarial, padronizando e melhorando os processos e ergonomia dos colaboradores, entre outros.

“Estou muito feliz em estar entre as referências na área. Um agradecimento especial a todos os membros da equipe e à empresa Lago Pesca por acreditar no projeto. Sem vocês nada teria acontecido e deixo, como inspiração, a frase que trago como lema ‘Se você faz o que sempre fez, vai ter o que sempre teve’”, comemora o lagunense ao falar do prêmio.

O prêmio foi uma das novidades da décima edição da Aquishow Brasil, um dos maiores eventos do segmento no país e que acontece até o dia 17 de maio, em Santa Fé do Sul (SP). Em 2018, a feira, que recebe representantes nacionais e internacionais de toda a cadeia produtiva, gerou R$ 10 milhões em negócios durante o evento. A expectativa para esse ano é que R$ 15 milhões sejam gerados.

“A inovação é um dos motores para o crescimento do setor aquícola no Brasil e no mundo. Precisamos dar espaço para as novas práticas e reconhecer os processos que contribuem com as diversas fases da cadeira produtiva”, salienta a diretora do Aquishow Brasil, Marilsa Patrício. O evento acontece há 10 anos, no estado de São Paulo.

Deixe uma resposta